Nova Linha Vegan Semeando sabor e colhendo o bem.
Nova Linha Vegan Semeando sabor e colhendo o bem.
Bom é comer bem Bom é comer bem

Bolo de chocolate: Confira a origem e receita desta deliciosa sobremesa

Curiosidades

Bolo de chocolate: Confira a origem e receita desta deliciosa sobremesa

Quer agradar uma visita especial na hora de servir o café da tarde? O tradicional bolo de chocolate é, sem dúvidas, um dos queridinhos nesse quesito — até mesmo porque não tem como um bolo feito à base de chocolate ser ruim, não é mesmo?

Você já deve ter percebido que, além de sugerir receitas saborosas e simples, nós na cozinha Caldo Bom também gostamos de descobrir a origem de alguns pratos famosos, até mesmo porque assim o ato de ir para a cozinha fica ainda mais enriquecedor e interessante.

Você sabe qual é a origem do bolo de chocolate?

Não é de hoje que as pessoas gostam de fazer um bolinho para adoçar o dia, e se você acha que o bolo de chocolate é uma receita nova, prepare-se para se surpreender: na verdade, o bolo (sem ser de chocolate) é uma criação da época do Egito Antigo — a diferença era em relação à forma como se adoçava o quitute, que, na falta de açúcar, levava xaropes de frutas, uvas passas e tâmaras.

Séculos mais tarde, mais especificamente durante o Renascimento, os povos romanos passaram a criar bolos diferentes, até mesmo porque a fermentação já era uma técnica comum entre os cozinheiros — o nome “bolo”, inclusive, vem desse fator, uma vez que o fermento criava uma massa arredondada, que parecia com uma bola.

Você pode gostar:

A parte do chocolate, no entanto, tem a ver com os maias, na América Pré-Colombiana. Na época, as pessoas consumiam uma bebida feita a partir do extrato das sementes de cacau, misturado com baunilha e pimenta, e que tinha a fama de acabar com a sensação de cansaço. O nome do drink? Xocoatl.

Essa bebida à base de cacau era servida pura até que, a partir do século 17, alguns confeiteiros de origem inglesa resolveram testar algo novo: um bolo que levasse o elixir mágico formado a partir do cacau. Em 1674, mais especificamente, os primeiros bolos de chocolate começaram a ser comercializados em empórios ingleses. E, bem, a partir daí você já sabe, né? Virou febre mundial. Então que tal aprender a fazer o melhor bolo de chocolate de todos?

Receita de bolo de chocolate

Ingredientes para a massa:

  • 3 ovos
  • 1 e ½ xícara (chá) de açúcar
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de chocolate em pó ou achocolatado
  • ½ xícara (chá) de óleo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 1 xícara (chá) de água quente

Ingredientes para a cobertura:

  • 4 colheres (sopa) de leite
  • ½ xícara (chá) de chocolate em pó
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 xícara (chá) de açúcar

Modo de preparo da massa:

  1. Bata os ovos, o óleo e o açúcar no liquidificador.
  2. Em seguida, acrescente a farinha de trigo e bata mais um pouco.
  3. Despeje a mistura em uma tigela e adicione a água quente e o fermento, mexendo bem.
  4. Coloque a massa em uma forma untada e leve ao forno médio-alto (200 °C), já preaquecido.
  5. Asse por 40 minutos.
  6. Desenforme enquanto o bolo ainda estiver quente.

Modo de preparo da cobertura:

  1. Misture todos os ingredientes em uma panela e mexa bem até começar a ferver.
  2. Agora é só despejar a cobertura ainda quente sobre o bolo.
  3. Você pode fazer furinhos no bolo com um palito de dente para que a cobertura penetre melhor.

Viu só como é simples fazer um bolo de chocolate?

Se você estiver sem tempo de comprar todos os ingredientes ou se quiser algo ainda mais prático, apostar na mistura pronta para bolo de chocolate é uma excelente pedida! Nós gostamos tanto desse clássico que desenvolvemos até mesmo uma mistura para um bolo de chocolate de copinho. É de comer rezando!

Nota importante a respeito do nome “nega maluca”

Ainda é bastante comum encontrarmos receitas de bolo de chocolate que levam o nome de “nega maluca”. A relação desse nome com o bolo tem a ver com a história popular, sem comprovação, de que a receita teria sido criada por uma escrava considerada maluca.

Com o passar do tempo e graças às pautas sociais levantadas pelo Movimento Negro, o uso da expressão “nega maluca” passou a ser desencorajado para evitar estereótipos racistas. Além do mais: quer algo mais autoexplicativo do que “bolo de chocolate”? Não custa nada se referir a essa delícia pelo nome certo, não é mesmo?