Linha completa Caldo Bom | Compre sem sair de casa!
Linha completa Caldo Bom | Compre sem sair de casa!
Bom é comer bem Bom é comer bem

Por que o arroz e o feijão são uma combinação perfeita para a saúde?

Alimentação Saudável

Por que o arroz e o feijão são uma combinação perfeita para a saúde?

Se existe uma combinação de alimentos que representa o Brasil, certamente o arroz e o feijão estão em primeiro lugar. A Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2008-2009 apontou o arroz e o feijão como os alimentos mais consumidos pelos brasileiros. 

Porém, mais do que uma tradição que atravessa gerações, esses alimentos não estão na nossa mesa todos os dias por acaso. Quando consumidos em quantidades ideais, eles são considerados complementares, fornecendo grande parte das proteínas de origem vegetal e aminoácidos que precisamos ingerir diariamente.

Por que arroz com feijão?

O livro “Histórias, Lendas e Curiosidades sobre a Gastronomia”, de Roberta Malta Saldanha, destaca que a tradição do arroz com o feijão tem origem no século XVIII. Na época, o arroz foi incluído na alimentação dos soldados por uma ordem do rei Dom João VI. 

Já o feijão era considerado um alimento inferior e, por isso, era servido somente aos escravos. Com o passar do tempo, os hábitos foram convergindo e tanto o arroz quanto o feijão passaram a fazer parte da alimentação de todos. A miscigenação de raças fez com que esses alimentos fossem parar juntos na mesa de praticamente todos os brasileiros.

Porém, mais do que aspectos históricos, associados à abundância do plantio desses alimentos em solo brasileiro, a dupla é considerada também um sucesso do ponto de vista nutricional: é mais saudável comer esses dois alimentos juntos do que separados. Vamos entender as razões pelas quais essa combinação é imbatível.

Arroz e feijão: juntos eles são um sucesso

Existem mais de 40 tipos de feijão, alimento fonte de vitaminas B1, B2, B3 e B9 e rico em proteínas e minerais, como potássio, ferro, fósforo, cálcio, cobre, zinco e magnésio. O feijão é uma leguminosa rica em proteína vegetal, que auxilia na composição dos músculos e dos tecidos do corpo. Além disso, ele é um poderoso aliado contra a anemia.

Já o arroz é um cereal fonte de vitaminas A, B1, B2, B3, B6 e E. Rico em carboidratos complexos, ele provê energia para que o organismo possa exercer todas as atividades do metabolismo. Além disso, seus elementos contribuem para a formação de glóbulos vermelhos e estimulam a regeneração celular.

Se individualmente eles já trazem muitos benefícios, juntos são ainda mais interessantes. Os dois alimentos se complementam como aminoácidos, formando uma proteína de alta qualidade. Quando o feijão é consumido sozinho, o organismo pode ter mais dificuldade para digeri-lo. É aí que entra em cena o arroz, que tem papel de auxiliar na digestão, permitindo ao organismo aproveitar melhor os nutrientes.

Diferentemente do que muitos imaginam, a combinação de arroz com feijão não engorda, desde que os alimentos não sejam consumidos em excesso. Em média, de duas a três colheres de sopa de arroz e uma concha e meia de feijão em uma refeição são suficientes para suprir as necessidades diárias, não sendo necessário repetir a dose no jantar, por exemplo.

Mais do que tradição, é saúde

Substituir um prato de arroz com feijão por alguma comida do tipo fast food não significa apenas “quebrar uma tradição”, mas também optar por uma refeição com menos nutrientes essenciais para o organismo. Para aqueles que não gostam de comer o mesmo alimento todos os dias, existem diversas formas de variar o cardápio.

Em se tratando de feijão, por exemplo, a Caldo Bom oferece uma grande variedade desse alimento. Ele está disponível nas seguintes versões: feijão brancofeijão carioca ourofeijão carioca premiumfeijão carioca especialfeijão cavalofeijão fradinhofeijão jalofeijão preto ourofeijão preto premiumfeijão preto especialfeijão rosinhafeijão vermelho e feijão vermelho especial.

Já o arroz é disponibilizado pela Caldo Bom em pelo menos sete variedades: arroz arbóreo, arroz carnaroli, arroz cateto, arroz integral, arroz japonês, arroz negro e arroz vermelho

Combinar essas variedades é o segredo para manter esses dois alimentos sempre por perto e, ainda assim, provar novidades toda semana. Algumas boas opções para você experimentar são o Feijão Preto Caldo Bom com Calabresa Defumada, a tradicional Feijoada brasileira e os diferentes tipos de feijoada que existem no mundo.