Linha completa Caldo Bom | Compre sem sair de casa!
Linha completa Caldo Bom | Compre sem sair de casa!
Bom é comer bem Bom é comer bem

Você conhece todos os tipos de arroz?

Curiosidades

Você conhece todos os tipos de arroz?

Você sabia que o arroz é o alimento mais consumido no mundo todo? Isso não é diferente por aqui, pois o arroz branco ocupa a terceira posição no ranking dos alimentos mais presentes nas mesas brasileiras.

Apesar de essa variedade ser muito popular, ela não é a única! Existe uma infinidade de tipos de arroz diferentes, os quais se destacam por seus benefícios nutricionais ou pela riqueza de sabores e texturas que eles conferem às receitas. Conheça os principais e experimente:

Arroz integral

O arroz integral recebe esse nome porque apenas sua casca é removida, enquanto a película e o gérmen são preservados. Além de dar uma coloração mais escura aos grãos, esses revestimentos concentram a maior parte das fibras, vitaminas e minerais, que seriam perdidos no beneficiamento.

arroz integral

Para você ter uma ideia: enquanto uma porção de 100 gramas de arroz branco fornece 2 mg de magnésio, a mesma quantidade de arroz integral fornece 59 mg desse nutriente, que é necessário para a contração muscular e participa do combate aos radicais livres.

Além do magnésio, o arroz integral se destaca por conter quantidades mais elevadas de ferro, fósforo, potássio, manganês e vitaminas do complexo B. Ainda, devido à maior presença das fibras, esse cereal proporciona mais saciedade e colabora em processos de emagrecimento.

Arroz japonês

O arroz japonês pertence a uma variedade bastante diferente das demais – tanto que sua produção depende de locais que contenham grandes quantidades de água, os chamados charcos.

arroz japonês

Como o próprio nome indica, esse é o tipo de arroz ideal para o preparo receitas da culinária japonesa, como sushi, temaki e onigiri. Um dos motivos para isso é que seus grãos apresentam sabor e aroma neutros, que não interferem no conjunto do prato.

Além disso, devido ao teor de amilose (uma das frações do amido presente nos grãos), o arroz japonês é capaz de formar uma liga, mas sem ficar com os grãos “empapados”.

Arroz cateto

O arroz cateto é bastante parecido com o arroz japonês, mas seus grãos são um pouco mais longos (embora ainda sejam mais curtos e curvados do que os do arroz branco ou agulhinha). Em função do seu teor de amido, esse tipo de arroz fica mais macio e cremoso depois de cozido, motivo pelo qual ele pode ser utilizado no preparo de pratos da culinária japonesa.

arroz cateto
®Panelinha

Além disso, o arroz cateto é um tipo de arroz integral, pois seus revestimentos externos são preservados. Assim, ele é uma alternativa mais nutritiva e saudável em relação ao arroz comum.

Arroz arbório

O arroz arbório tem esse nome escrito com “i” por ser oriundo da província italiana de Arborio, mas por aqui ele também pode ser chamado de arroz arbóreo.

arroz arbório

Com grãos arredondados, esse tipo de arroz se destaca por ter mais amido que a variedade tradicional, o que faz com que ele tenha uma consistência cremosa por fora e firme por dentro, além de uma grande capacidade de absorver o sabor dos temperos.

Por isso, o arroz arbório é ideal para o preparo de risotos, especialmente aqueles que levam pedaços maiores de carne entre seus ingredientes.

Arroz carnaroli

O arroz carnaroli é parecido com o arroz arbório, mas com um teor de amido ainda mais elevado. Por isso, os risotos preparados com ele ficam mais cremosos – inclusive, essa variedade é a preferida dos italianos na hora de preparar esse prato.

arroz carnaroli

Além disso, por demorar um pouco mais para cozinhar, o arroz carnaroli também absorve os sabores dos demais ingredientes com mais intensidade.

Arroz negro

Além de trazer novas cores, o arroz negro enriquece os pratos por ter um sabor acastanhado e um pouco mais adocicado que as demais variedades, combinando muito bem com peixes de sabor intenso e frutos do mar.

arroz negro

Esse cereal também se destaca pelo seu conteúdo nutricional, pois ele tem mais proteínas e menos gorduras que os outros tipos de arroz, inclusive o integral.

Outro benefício do arroz negro é que os pigmentos que conferem sua coloração, conhecidos como antocianinas, contêm propriedades antioxidantes que ajudam a prevenir o câncer e as doenças cardiovasculares.

Arroz vermelho

O arroz vermelho tem origem na China e foi trazido ao Brasil pelos portugueses, podendo ser consumido em substituição ao arroz tradicional ou como ingrediente de outros pratos.

arroz vermelho

Assim como o arroz integral, ele não passa por um beneficiamento tão profundo e oferece mais nutrientes que o arroz branco. Seu maior destaque se deve ao seu alto teor de monacolina, uma molécula que ajuda a prevenir o depósito de colesterol ruim (LDL) nas artérias e, em consequência, reduz o risco de doenças cardiovasculares.

Agora que você conhece outros tipos de arroz, que tal inovar no seu cardápio do dia a dia e colocar ainda mais sabores e benefícios no seu prato? Aproveite todas as variedades de arroz da Caldo Bom!

Fontes: Terra [1] e [2], Cooks Illustrated, Conselho Federal de Nutricionistas e Yuzuan