Nova Linha Vegan Semeando sabor e colhendo o bem.
Nova Linha Vegan Semeando sabor e colhendo o bem.
Bom é comer bem Bom é comer bem

Como fazer massa de pizza caseira

Coleção Receitas

Como fazer massa de pizza caseira

Você sabia que a pizza tem um dia especial no nosso calendário? Pois é: no Brasil, o Dia da Pizza é comemorado em 10 de julho. Essa data foi estabelecida em 1985, o que é relativamente recente, mas a história desse prato é muito mais antiga.

Embora a pizza seja um dos principais elementos da gastronomia italiana, seus primórdios parecem ter surgido na Mesopotâmia há cerca de 10 mil anos, logo depois que os humanos aprenderam a dominar o fogo, fabricar cerâmica e cultivar cereais, especialmente o trigo. 

A partir desses conhecimentos, os povos dessa região descobriram que poderiam moer o trigo para produzir farinha e misturá-la com água, formando uma massa que poderia ser assada sobre placas de cerâmica rudimentares.

pizza-caseira

Mais tarde, no Egito Antigo, desenvolveu-se a técnica da fermentação, que proporcionava uma massa mais leve e aerada. A “novidade” se espalhou para outros povos, como os hebreus, babilônios e fenícios, que produziam a massa a partir de uma mistura de cereais e assavam-na sobre tijolos quentes.

Em sua origem, esse alimento tinha características diferentes da versão atual: em vez de uma pizza com muito recheio, ele consistia apenas em um disco de massa, mais parecido com o pão sírio de hoje.

Os antigos povos gregos e romanos, por sua vez, foram os responsáveis por adicionar azeite de oliva e ervas a esse pão achatado antes de levá-lo ao forno – algo como o prato que atualmente chamamos de focaccia.  

O papel dos italianos na transformação da pizza

O costume de comer esse disco de pão achatado atravessou toda a Antiguidade e persistiu até a transição entre a Idade Média e a Idade Moderna, quando as Grandes Navegações colocaram a Europa em contato com outros povos, culturas e alimentos.

Um desses alimentos foi o tomate, que já era consumido pelos nativos da região do México e foi levado à Europa pelos colonizadores espanhóis. Por lá, foram os italianos do século 18 que decidiram adicionar o tomate à pizza, que já levava ingredientes como toucinho, peixes e queijos e era servida dobrada como um sanduíche ou calzone.

Por ser um prato muito acessível, ele era vendido nas ruas e consumido pelos trabalhadores mais pobres do sul da Itália, com destaque para a cidade de Nápoles. Com a unificação da Itália a história da pizza ganhou um novo capítulo.

Conta-se que, em visita feita a Nápoles em 1889, o Rei Umberto I e a Rainha Margherita demonstravam estar cansados dos pratos franceses que lhes eram servidos em todas as refeições. Dessa forma, o padeiro Raffaele Esposito foi convocado para preparar algo típico da cidade e contornar a situação.

massa-de-pizza-caseira

Esposito pensou que a pizza consumida pelos trabalhadores não seria adequada ao paladar real. Por isso, ele fez algumas adaptações ao prato, servindo-a em formato de disco e não mais dobrada e com três novas combinações de ingredientes para a cobertura.

Com o intuito de agradar aos visitantes reais, Esposito decidiu representar as cores da bandeira da Itália em uma das pizzas, usando para isso uma cobertura de tomate, muçarela e manjericão. A ideia foi tão apreciada pela Rainha Margherita que essa pizza foi batizada com o nome dela – e continua sendo chamada assim até hoje.

Porém, mais do que batizar um sabor de pizza, a aprovação real fez com que esse prato deixasse de ser apenas uma refeição destinada aos mais pobres e conquistasse o status de prato nacional italiano.

Depois de se espalhar pela Europa, a pizza chegou ao Brasil na bagagem dos imigrantes italianos logo no início do século 20, especialmente entre aqueles que se instalaram em São Paulo. 

Foi somente a partir da Segunda Guerra Mundial que ela realmente caiu nas graças dos brasileiros e de todo o restante do mundo, ganhando uma infinidade de novos ingredientes, combinações e sabores.

Receita de massa de pizza caseira

O Dia da Pizza está chegando! Se você é apaixonado por esse prato, que tal preparar uma pizza caseira com seus ingredientes preferidos? Veja como fazer massa de pizza em casa: 

Ingredientes (rende 4 discos)

  • 6 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 2 colheres de sopa de fermento biológico seco
  • 2 colheres de chá de açúcar
  • 2 colheres de chá de sal
  • 2 ½ xícaras de chá de água morna
  • ¼ de xícara de chá de azeite
  • Farinha de trigo para polvilhar a bancada
  • Fubá Caldo Bom para polvilhar a forma
  • Azeite para untar

Modo de preparo

Em um recipiente, misture o fermento, o açúcar e a água morna e deixe em temperatura ambiente até formar espuma (mais ou menos 5 minutos). 

Enquanto espera, misture a farinha de trigo com o sal em uma tigela e abra um buraco no meio. No centro do recipiente, adicione o azeite e a mistura de fermento e açúcar (depois que tiver espumado). Misture levemente, apenas para incorporar os ingredientes.

Se desejar sovar a massa na batedeira, confira antes no manual se ela é adequada para bater massa de pizza. Nesse caso, bata em velocidade baixa por 5 minutos, aumente a velocidade aos poucos e bata por mais 15 minutos, até a massa desgrudar da lateral da tigela e formar uma bola de textura lisa. Se preferir sovar a massa à mão, prepare metade da receita por vez.

Depois de bater a massa, transfira para um recipiente grande untado com azeite, cubra com filme plástico e deixe crescer por cerca de 1 hora (a massa vai dobrar de volume). Na metade do tempo de crescimento (30 minutos), preaqueça o forno a 250 graus.

Transfira a massa para uma bancada polvilhada com farinha e divida em quatro partes. Escolha uma das partes para abrir e deixe as demais cobertas com um pano de prato limpo para que não fiquem ressecadas. Dica: se desejar, embrulhe as porções restantes em filme plástico e guarde na geladeira por 3 dias ou no congelador por até 1 mês.

Com auxílio do rolo de macarrão, abra a massa sobre a bancada até formar um disco com cerca de 30 cm de diâmetro. Dobre o disco ao meio duas vezes, transfira para uma forma de pizza redonda polvilhada com fubá Caldo Bom e desfaça as dobras para formar o disco novamente (assim a massa não quebra).

Cubra a massa com os ingredientes da sua preferência e asse por 15 minutos até as bordas ficarem douradas e o queijo derreter (se você tiver adicionado esse ingrediente). Sua pizza caseira está pronta para você comemorar o Dia da Pizza em grande estilo! Bom apetite!

Fonte(s): Wonderopolis, History, History Today e Correio Gourmand