Bom é comer bem Bom é comer bem

Sagu: conheça os benefícios para a saúde e aprenda como fazer

Alimentação Saudável

Sagu: conheça os benefícios para a saúde e aprenda como fazer

Você sabe do que é feito o sagu? Mesmo sendo muito popular na Região Sul do país, essa sobremesa ainda é um mistério para as pessoas que desconhecem a origem das bolinhas. Além disso, muita gente nem imagina que o sagu possa oferecer benefícios para a saúde.

O sagu que nós conhecemos no Brasil é feito a partir da fécula de mandioca, um tipo de amido também conhecido como tapioca. Durante o processo de produção, a fécula de mandioca é transformada em bolinhas duras e opacas que, depois de cozidas, ficam macias e quase transparentes.

Benefícios do sagu para a saúde

Apesar de geralmente ser servido como sobremesa, o sagu pode oferecer benefícios para a saúde – desde que consumido com moderação e dentro de uma alimentação equilibrada. Conheça os principais:

1. Fonte de energia

O sagu é totalmente composto por carboidratos, os macronutrientes responsáveis por fornecer energia para o funcionamento do organismo, as atividades físicas e as funções cerebrais.

Dessa forma, o sagu oferece cerca de 104 kcal em 30 gramas (duas colheres de sopa), o que representa uma boa dose de energia para todas as necessidades do cotidiano.

2. Boa opção antes e depois das atividades físicas

Além de ser facilmente digerido e fornecer uma excelente quantidade de energia, o sagu é um alimento com alto índice glicêmico, o que significa que o açúcar proveniente dele é rapidamente absorvido pelo organismo.

Como essa energia logo pode ser utilizada pelos músculos, o sagu é uma boa opção de lanche pré-treino, pois ele dá mais disposição para as atividades físicas. Ainda, o sagu também pode ser consumido depois dos exercícios físicos, pois ele auxilia na recuperação da energia.

3. Sobremesa sem glúten

O sagu é um derivado da mandioca, portanto ele é isento de glúten e pode ser consumido por pessoas com doença celíaca ou que evitam essa proteína.

Para que esse benefício do sagu para a saúde continue sendo válido, é preciso prestar atenção aos ingredientes adicionados à receita. Em geral, as versões mais tradicionais são livres de glúten, mas sempre é bom se certificar.

Como fazer sagu

A receita de sagu mais clássica é o sagu de vinho, muito apreciada pelos descendentes dos imigrantes italianos. Porém, ele também pode ser preparado de outras formas e até mesmo em versões salgadas, como a pipoca de sagu. Confira nossas sugestões:

Sagu de vinho

  • 1 xícara de sagu Caldo Bom
  • 4 xícaras de água
  • 3 xícaras de vinho tinto
  • 1 unidade de canela em pau Caldo Bom
  • 4 unidades de cravo-da-índia Caldo Bom
  • 1 xícara de chá de açúcar

Coloque a água em uma panela grande e aqueça no fogão até ferver. Adicione o sagu e cozinhe por aproximadamente 30 minutos, mexendo de vez em quando para não grudar no fundo.

Em outra panela, ferva o vinho tinto junto com a canela em pau e o cravo-da-índia por cerca de 10 minutos. Junte o vinho à panela com o sagu e cozinhe até as bolinhas ficarem macias e transparentes. Se necessário, adicione mais água fervente. Desligue o fogo quando o sagu estiver cozido. Sirva gelado e acompanhe com creme de baunilha se desejar.

Sagu de suco de uva

  • 1 xícara de sagu Caldo Bom
  • 3 xícaras de suco de uva
  • 3 xícaras de água
  • 1 unidade de canela em pau Caldo Bom
  • 2 unidades de cravo-da-índia
  • 1 xícara de açúcar

Coloque o sagu em uma tigela, cubra com água e deixe de molho. Depois de 45 minutos, coloque o suco de uva, as 3 xícaras de água, a canela, o cravo-da-índia e o açúcar em uma panela e mexa até dissolver o açúcar.

Leve a panela ao fogo alto até ferver e adicione o sagu escorrido. Cozinhe em fogo baixo até que as bolinhas fiquem macias e quase transparentes (cerca de 30 minutos), mexendo de vez em quando para não grudar. Se necessário, adicione mais água fervente aos poucos até o sagu estar cozido. Sirva gelado e acompanhe com creme de baunilha se desejar.

Pipoca de sagu

Coloque o sagu em um refratário e misture o sal. Tampe com uma tampa própria para micro-ondas ou cubra com filme plástico e faça alguns furos para o vapor sair. Coloque no micro-ondas em potência máxima e deixe por 3 a 4 minutos depois que começar a estourar.

Dica: essa pipoca pode ser servida a crianças pequenas porque ela não tem casquinhas nem grãos que não estouraram. Se preferir, dispense o sal e prepare uma versão doce da pipoca de sagu.

Ficou com vontade de experimentar essas receitas? Então aproveite que agora você sabe como fazer sagu e prepare o prato da sua preferência. Vai ficar uma delícia!